Fanfic PerNiLeo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 2.656
Palavras 1.324
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - A descoberta


– Olá? – Disse Percy.

 

 

– Ah, olá Percy, esperava que aparecesse aqui hoje, vamos lá fora. – Respondeu Thalia.

 

 

 

 

Os dois sentaram-se em cadeiras de balanço em frente as quadras de vôlei.

 

 

 

 

 – Veio pedir conselhos de novo? – Perguntou a garota.

 

 

 

 

– Sim. – Respondeu Jackson.

 

 

 

 

– Cara, você é muito lerdo.

 

 

 

 

– Como assim? EI!

 

 

 

 

Thalia bufou.

 

 

 

 

– O que você quer?

 

 

 

 

– Eu não sei o que eu faço…

 

 

 

 

– Nossa é tão difícil falar que gosta dele logo?

 

 

 

 

– THALIA!

 

 

 

 

– Dela! Desculpa. Ah fala sério , até Quíron já deve saber que você é harpia.

 

 

 

 

– THAAAAAAAAAALIA !

 

 

 

 

– Menti?

 

 

 

 

– Enfim… O que eu faço?

 

 

 

 

– Bom, vá conversar com ele ao em vez de vir conversar comigo, está perdendo seu tempo aqui. Fale sobre coisas que ele gosta e tente não ser uma tartaruga.

 

 

 

 

– Ta bem. – Percy olhava os semideuses jogando vôlei sem se cansarem.

 

 

 

 

– VAI PERCY!

 

 

 

 

– AÃN? ONDE?

 

 

 

 

– COMER BORBOLETA , AFF , FALAR COM ELE NÉ PERCY.

 

 

 

 

– To indo , to indo!!

 

 

 

 

– Tchau, boa sorte!

 

 

 

 

Percy dirigiu-se até onde estava o menino. Foi até a porta do chalé e se preparou para bater na porta mas, antes mesmo disso a porta já se abriu e Percy viu um garoto .

 

 

 

 

– Percy? O que faz aqui? – Disse Nico, encarando-o.

 

 

 

 

– Ann… eu vim…

 

 

 

 

– Sim… ?

 

 

 

 

– Eu queria falar com você – Percy falou quase sussurrando.

 

 

 

 

– Hm? Não entendi…

 

 

 

 

– Eu queria falar com você – Repitiu

 

 

 

 

– Ah tá bem , vamos entrando. – Puxou Percy pelo braço e o levou até o centro do chalé onde havia uma pequena mesa e algumas poltronas. – Queria falar sobre o que?

 

 

 

 

– Eu queria falar… s-sobre… sobre… será que poderíamos jogar uma partida de mitomagia?

 

 

 

 

– CLARO! Eu estava mesmo querendo jogar! Vou pegar  as cartas, já volto!

 

 

 

 

Percy olhou para a janela aliviado, mas espera… o que é aquilo? Thalia estava espionando!

 

 

 

 

–THALIA? – Gritou

 

 

 

 

– O que? – Perguntou Nico

 

 

 

 

– Eu… engasguei! – Respondeu Percy que correu até a janela.

 

 

 

 

– Eu engasguei? Além de lerdo não sabe mentir ! Eu mereço. – Disse Thalia – Ah esqueça , NÃO MUDE A HISTÓRIA DE RUMO! FAÇA O QUE VOCÊ VEIO FAZER AQUI!

 

 

 

 

– Então vá embora! Eu estava com vergonha com você me espionando!

 

 

 

 

– Não vai fazer diferença , você não sabia que eu tava aqui!

 

 

 

 

– Sabia sim!

 

 

 

 

–Então porque gritou quando me viu?

 

 

 

 

– Droga.  Vá embora logo!

 

 

 

 

– Tá bom mas depois me conte tudo.

 

 

 

 

– Tanto faz, vai vai , tchau!

 

 

 

 

Percy correu até uma poltrona e acomodou-se. Logo, Nico voltou com tantas cartas na mão que acabou derrubando algumas no chão, Percy foi ajudar a recolhe-las , quando acidentalmente pegou na mão de Nico , e começou a encara-lo.

 

 

 

 

– Percy? –Nico disse

 

 

 

 

– Sim?

 

 

 

 

– Solta minha mão, cara.

 

 

 

 

Percy ficou tão vermelho que não teve como disfarçar.

 

 

 

 

– Você tá vermelho!

 

 

 

 

– Estou?!

 

 

 

 

– Está!

 

 

 

 

– É porque… eu to com… CALOR! ISSO EU ESTOU COM CALOR.

 

 

 

 

– Então vou ligar o ventilador!

 

 

 

 

– Não! Eu to com frio!

 

 

 

 

– Me dá sua mochila!

 

 

 

 

– O que? Por que? – Perguntou Percy Assustado.

 

 

 

 

– Quero ver se você andou comendo Flor de Lótus!

 

 

 

 

– Claro que não!

 

 

 

 

– Eu quero ter certeza! Os Stoll’s… eles te deram Flor de Lótus né?

 

 

 

 

– Não!

 

 

 

 

– Então me dá sua mochila! – Antes que Percy impedisse , Nico correu até onde estava a mochila e começou a tirar tudo de dentro. – Camisetas… Dinheiro… Ambrósia… Calça… O que é isso? Uma caixinha… como abre?

 

 

 

 

– Não Nico!

 

 

 

 

– Consegui! Hm vejamos… ACHEI! Eu sabia que você tava… ah, é só um muffin, acho que está tudo… o que… o que uma foto minha está fazendo nessa caixinha?

 

 

 

 

– Eu… guardo fotos dos meus melhores amigos aqui.

 

 

 

 

– Mas só tem fotos minhas, Percy.

 

 

 

 

– É que…

 

 

 

 

– Eu sou seu melhor amigo?

 

 

 

 

– Isso!

 

 

 

 

– Que legal , por que nunca me contou sobre isso?

 

 

 

 

– Na verdade , não é por isso.

 

 

 

 

– O que é então?

 

 

 

 

– Eu gosto de você, Nico.

 

 

 

 

Nico riu.

 

 

 

 

– Eu também Percy, você é demais.

 

 

 

 

– Não Nico, eu gosto de você, sabe…? Eu gosto de você, amo você!

 

 

 

 

– O que?

 

 

 

 

Nico ficou o encarando perplexo. Percy, pegou suas coisas da mão de Nico e as colocou de volta em sua mochila sem dizer uma palavra enquanto o garoto ainda olhava para ele. Percy respirou fundo, fechou a mochila e levantou-se colocando-a nas costas.

 

 

 

 

– Espera

 

 

 

 

 Nico levantou-se foi até ele e tirou sua mochila, jogando-a na poltrona.

 

 

 

 

– Eu…

 

 

 

 

 Não terminou a frase, puxou o garoto para perto pela mão e lhe deu um beijo, depois se afastou e olhava para o chão para evitar  os olhares. Percy por sua vez levantou o rosto de Nico e o beijou, um beijo longo, Nico o afastava por vezes para respirar fundo e depois o puxava de volta.

 

 

 

 

Percy empurrou Nico até a paredem, que estava gostando de tudo aquilo, e começou a tirar a jaqueta dele , em seguida a camiseta do acampamento , Nico fez o mesmo.

 

 

 

 

Nico parou Percy e levou ele até uma das camas , depois o derrubou nela , sentou sobre ele e quando ia voltar a beijá-lo a porta do chalé abriu e uma garota loira entrou:

 

 

 

 

– Nic… – Annabeth ficou assustada – V-vocês estavam se beijando!

 

 

 

 

– Nós… Não, nós… eu estava apenas tentando ver o que está irritando o olho dele – Disse Nico

 

 

 

 

– Mas eu vi vocês quase se beijando!

 

 

 

 

– Você deve estar louca! –Disse Percy

 

 

 

 

–Eu… eu volto depois.

 

 

 

 

Percy levantou e se vestiu, assim como Nico.

 

 

 

 

– Eu vou… vou ir , preciso falar com a Thalia, até logo. – Disse Jackson

 

 

 

 

– Ta bom, até depois. –  deu-lhe um último beijo de despedida e o garoto sorriu.

 

 

 

 

Percy estava indo ao encontro de Thalia quando viu a garota loira, Annabeth falando com Leo, um semideus que chegou a pouco tempo no Acampamento.

 

 

 

 

– Eu estou dizendo! Eles estavam quase se beijando!

 

 

 

 

– Eu não acredito! Isso é terrível, afinal, o que eu faço agora? –Perguntou ele

 

 

 

 

– Você não pode fazer nada, se aquilo foi mesmo um beijo , você não pode atrapalhar Nico, você devia ter feito amizade antes.

 

 

 

 

Percy sentiu uma onda de calor no corpo. O que era aquilo? Raiva, ciúmes. Percy se sentia dono de Nico depois do que tinha acontecido entre eles . Passou perto de Leo e Annabeth e lançou um olhar furioso para o menino que ficou com vergonha.

 

 

 

 

Saiu correndo para onde tinha encontrado com Thalia mais cedo do mesmo dia, lá estava ela, levantou ansiosa e foi até Percy:

 

 

 

 

– E então?

 

 

 

 

– Nós nos beijamos. – respondeu Percy

 

 

 

 

– Isso! Finalmente.

 

 

 

 

– Até Annabeth entrar lá e interromper.

 

 

 

 

– WOW, ela viu ?

 

 

 

 

– Sim, e parece que o Leo gosta do Nico.

 

 

 

 

– Ah deuses… ele não pode saber disso.

 

 

 

 

– Por que?

 

 

 

 

– É o Leo! Quer dizer… todas do acampamento querem ele! Menos eu, obvio.

 

 

 

 

– Mas você acha que ele preferiria o Leo?

 

 

 

 

– Desculpa Percy, isso não seria muito difícil…

 

 

 

 

Percy ficou zangado, pegou sua mochila virou-se e começou a correr.

 

 

 

 

– Percy! Espera! –Thalia gritou mas não teve resposta.

 

 

 

 

Ele voltou até onde estava Leo e Annabeth , foi até o garoto e lhe disse:

 

 

 

 

– Escute aqui, é bom você ficar bem longe do Nico, ele é meu, entendeu?

 

 

 

 

– Mas eu…

 

 

 

 

– Entendeu?

 

 

 

 

– Sim entendi , mas…

 

 

 

 

– Ótimo!

 

 

 

 

– Mas Percy, eu não gosto dele!

 

 

 

 

– Então o porque daquela conversa com Annabeth?

 

 

 

 

– Porque eu gosto de você, Percy! – Leo se virou e foi embora com Annabeth enquanto Percy ficou paralisado sem palavras, imaginando o que deveria fazer agora.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...