Spirit Rede Social de Fãs de Animes, Mangás, Músicas e Cultura em Geral

Faça sua conta no Spirit e Observe essa Fanfic, assim você será avisado sempre que tiver alguma novidade, você também poderá deixar seu Comentário estimulando o autor a continuar a Fanfic.

Fanfic PerNiLeo - Capítulo 1

Escrita por ~

Exibições 2.334
Palavras 1.324
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo em que se passa, não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual, sendo vedada a utilização por outros autores sem minha prévia autorização. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - A descoberta


– Olá? – Disse Percy.

 

 

– Ah, olá Percy, esperava que aparecesse aqui hoje, vamos lá fora. – Respondeu Thalia.

 

 

 

 

Os dois sentaram-se em cadeiras de balanço em frente as quadras de vôlei.

 

 

 

 

 – Veio pedir conselhos de novo? – Perguntou a garota.

 

 

 

 

– Sim. – Respondeu Jackson.

 

 

 

 

– Cara, você é muito lerdo.

 

 

 

 

– Como assim? EI!

 

 

 

 

Thalia bufou.

 

 

 

 

– O que você quer?

 

 

 

 

– Eu não sei o que eu faço…

 

 

 

 

– Nossa é tão difícil falar que gosta dele logo?

 

 

 

 

– THALIA!

 

 

 

 

– Dela! Desculpa. Ah fala sério , até Quíron já deve saber que você é harpia.

 

 

 

 

– THAAAAAAAAAALIA !

 

 

 

 

– Menti?

 

 

 

 

– Enfim… O que eu faço?

 

 

 

 

– Bom, vá conversar com ele ao em vez de vir conversar comigo, está perdendo seu tempo aqui. Fale sobre coisas que ele gosta e tente não ser uma tartaruga.

 

 

 

 

– Ta bem. – Percy olhava os semideuses jogando vôlei sem se cansarem.

 

 

 

 

– VAI PERCY!

 

 

 

 

– AÃN? ONDE?

 

 

 

 

– COMER BORBOLETA , AFF , FALAR COM ELE NÉ PERCY.

 

 

 

 

– To indo , to indo!!

 

 

 

 

– Tchau, boa sorte!

 

 

 

 

Percy dirigiu-se até onde estava o menino. Foi até a porta do chalé e se preparou para bater na porta mas, antes mesmo disso a porta já se abriu e Percy viu um garoto .

 

 

 

 

– Percy? O que faz aqui? – Disse Nico, encarando-o.

 

 

 

 

– Ann… eu vim…

 

 

 

 

– Sim… ?

 

 

 

 

– Eu queria falar com você – Percy falou quase sussurrando.

 

 

 

 

– Hm? Não entendi…

 

 

 

 

– Eu queria falar com você – Repitiu

 

 

 

 

– Ah tá bem , vamos entrando. – Puxou Percy pelo braço e o levou até o centro do chalé onde havia uma pequena mesa e algumas poltronas. – Queria falar sobre o que?

 

 

 

 

– Eu queria falar… s-sobre… sobre… será que poderíamos jogar uma partida de mitomagia?

 

 

 

 

– CLARO! Eu estava mesmo querendo jogar! Vou pegar  as cartas, já volto!

 

 

 

 

Percy olhou para a janela aliviado, mas espera… o que é aquilo? Thalia estava espionando!

 

 

 

 

–THALIA? – Gritou

 

 

 

 

– O que? – Perguntou Nico

 

 

 

 

– Eu… engasguei! – Respondeu Percy que correu até a janela.

 

 

 

 

– Eu engasguei? Além de lerdo não sabe mentir ! Eu mereço. – Disse Thalia – Ah esqueça , NÃO MUDE A HISTÓRIA DE RUMO! FAÇA O QUE VOCÊ VEIO FAZER AQUI!

 

 

 

 

– Então vá embora! Eu estava com vergonha com você me espionando!

 

 

 

 

– Não vai fazer diferença , você não sabia que eu tava aqui!

 

 

 

 

– Sabia sim!

 

 

 

 

–Então porque gritou quando me viu?

 

 

 

 

– Droga.  Vá embora logo!

 

 

 

 

– Tá bom mas depois me conte tudo.

 

 

 

 

– Tanto faz, vai vai , tchau!

 

 

 

 

Percy correu até uma poltrona e acomodou-se. Logo, Nico voltou com tantas cartas na mão que acabou derrubando algumas no chão, Percy foi ajudar a recolhe-las , quando acidentalmente pegou na mão de Nico , e começou a encara-lo.

 

 

 

 

– Percy? –Nico disse

 

 

 

 

– Sim?

 

 

 

 

– Solta minha mão, cara.

 

 

 

 

Percy ficou tão vermelho que não teve como disfarçar.

 

 

 

 

– Você tá vermelho!

 

 

 

 

– Estou?!

 

 

 

 

– Está!

 

 

 

 

– É porque… eu to com… CALOR! ISSO EU ESTOU COM CALOR.

 

 

 

 

– Então vou ligar o ventilador!

 

 

 

 

– Não! Eu to com frio!

 

 

 

 

– Me dá sua mochila!

 

 

 

 

– O que? Por que? – Perguntou Percy Assustado.

 

 

 

 

– Quero ver se você andou comendo Flor de Lótus!

 

 

 

 

– Claro que não!

 

 

 

 

– Eu quero ter certeza! Os Stoll’s… eles te deram Flor de Lótus né?

 

 

 

 

– Não!

 

 

 

 

– Então me dá sua mochila! – Antes que Percy impedisse , Nico correu até onde estava a mochila e começou a tirar tudo de dentro. – Camisetas… Dinheiro… Ambrósia… Calça… O que é isso? Uma caixinha… como abre?

 

 

 

 

– Não Nico!

 

 

 

 

– Consegui! Hm vejamos… ACHEI! Eu sabia que você tava… ah, é só um muffin, acho que está tudo… o que… o que uma foto minha está fazendo nessa caixinha?

 

 

 

 

– Eu… guardo fotos dos meus melhores amigos aqui.

 

 

 

 

– Mas só tem fotos minhas, Percy.

 

 

 

 

– É que…

 

 

 

 

– Eu sou seu melhor amigo?

 

 

 

 

– Isso!

 

 

 

 

– Que legal , por que nunca me contou sobre isso?

 

 

 

 

– Na verdade , não é por isso.

 

 

 

 

– O que é então?

 

 

 

 

– Eu gosto de você, Nico.

 

 

 

 

Nico riu.

 

 

 

 

– Eu também Percy, você é demais.

 

 

 

 

– Não Nico, eu gosto de você, sabe…? Eu gosto de você, amo você!

 

 

 

 

– O que?

 

 

 

 

Nico ficou o encarando perplexo. Percy, pegou suas coisas da mão de Nico e as colocou de volta em sua mochila sem dizer uma palavra enquanto o garoto ainda olhava para ele. Percy respirou fundo, fechou a mochila e levantou-se colocando-a nas costas.

 

 

 

 

– Espera

 

 

 

 

 Nico levantou-se foi até ele e tirou sua mochila, jogando-a na poltrona.

 

 

 

 

– Eu…

 

 

 

 

 Não terminou a frase, puxou o garoto para perto pela mão e lhe deu um beijo, depois se afastou e olhava para o chão para evitar  os olhares. Percy por sua vez levantou o rosto de Nico e o beijou, um beijo longo, Nico o afastava por vezes para respirar fundo e depois o puxava de volta.

 

 

 

 

Percy empurrou Nico até a paredem, que estava gostando de tudo aquilo, e começou a tirar a jaqueta dele , em seguida a camiseta do acampamento , Nico fez o mesmo.

 

 

 

 

Nico parou Percy e levou ele até uma das camas , depois o derrubou nela , sentou sobre ele e quando ia voltar a beijá-lo a porta do chalé abriu e uma garota loira entrou:

 

 

 

 

– Nic… – Annabeth ficou assustada – V-vocês estavam se beijando!

 

 

 

 

– Nós… Não, nós… eu estava apenas tentando ver o que está irritando o olho dele – Disse Nico

 

 

 

 

– Mas eu vi vocês quase se beijando!

 

 

 

 

– Você deve estar louca! –Disse Percy

 

 

 

 

–Eu… eu volto depois.

 

 

 

 

Percy levantou e se vestiu, assim como Nico.

 

 

 

 

– Eu vou… vou ir , preciso falar com a Thalia, até logo. – Disse Jackson

 

 

 

 

– Ta bom, até depois. –  deu-lhe um último beijo de despedida e o garoto sorriu.

 

 

 

 

Percy estava indo ao encontro de Thalia quando viu a garota loira, Annabeth falando com Leo, um semideus que chegou a pouco tempo no Acampamento.

 

 

 

 

– Eu estou dizendo! Eles estavam quase se beijando!

 

 

 

 

– Eu não acredito! Isso é terrível, afinal, o que eu faço agora? –Perguntou ele

 

 

 

 

– Você não pode fazer nada, se aquilo foi mesmo um beijo , você não pode atrapalhar Nico, você devia ter feito amizade antes.

 

 

 

 

Percy sentiu uma onda de calor no corpo. O que era aquilo? Raiva, ciúmes. Percy se sentia dono de Nico depois do que tinha acontecido entre eles . Passou perto de Leo e Annabeth e lançou um olhar furioso para o menino que ficou com vergonha.

 

 

 

 

Saiu correndo para onde tinha encontrado com Thalia mais cedo do mesmo dia, lá estava ela, levantou ansiosa e foi até Percy:

 

 

 

 

– E então?

 

 

 

 

– Nós nos beijamos. – respondeu Percy

 

 

 

 

– Isso! Finalmente.

 

 

 

 

– Até Annabeth entrar lá e interromper.

 

 

 

 

– WOW, ela viu ?

 

 

 

 

– Sim, e parece que o Leo gosta do Nico.

 

 

 

 

– Ah deuses… ele não pode saber disso.

 

 

 

 

– Por que?

 

 

 

 

– É o Leo! Quer dizer… todas do acampamento querem ele! Menos eu, obvio.

 

 

 

 

– Mas você acha que ele preferiria o Leo?

 

 

 

 

– Desculpa Percy, isso não seria muito difícil…

 

 

 

 

Percy ficou zangado, pegou sua mochila virou-se e começou a correr.

 

 

 

 

– Percy! Espera! –Thalia gritou mas não teve resposta.

 

 

 

 

Ele voltou até onde estava Leo e Annabeth , foi até o garoto e lhe disse:

 

 

 

 

– Escute aqui, é bom você ficar bem longe do Nico, ele é meu, entendeu?

 

 

 

 

– Mas eu…

 

 

 

 

– Entendeu?

 

 

 

 

– Sim entendi , mas…

 

 

 

 

– Ótimo!

 

 

 

 

– Mas Percy, eu não gosto dele!

 

 

 

 

– Então o porque daquela conversa com Annabeth?

 

 

 

 

– Porque eu gosto de você, Percy! – Leo se virou e foi embora com Annabeth enquanto Percy ficou paralisado sem palavras, imaginando o que deveria fazer agora.

 

 


Outras fanfics de dongwh0

Fanfic / Fanfiction Be Mine
Be Mine
Favoritos 24

Gostou da Fanfic? Compartilhe!
Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho dos outros deixando um comentário.

Para isto, Cadastre-se ou faça seu Login!


Carregando...