Spirit Rede Social de Fãs de Animes, Mangás, Músicas e Cultura em Geral

Faça sua conta no Spirit e Observe essa Fanfic, assim você será avisado sempre que tiver alguma novidade, você também poderá deixar seu Comentário estimulando o autor a continuar a Fanfic.

Fanfic Criminal Romance - Capítulo 8

Escrita por ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Heloísa, Liam Payne, Louis Tomlinson, Milena, Niall Horan, Zayn Malik
Exibições 1.534
Palavras 919
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais.Nenhuma das situações encontradas aqui realmente aconteceu. Não há nada que prove que as personalidades correspondem as originais ou que qualquer cena se assemelhe a qualquer acontecimento real. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual, sendo vedada a utilização por outros autores sem minha prévia autorização. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um capítulo, eu sei, tá pequeno mais eu to meio ocupada essa semana, é isso que dá estudar e jogar... Bem, espero que vocês gostem e, obrigada pelos comentários tão gentis.-. e por favoritarem, mesmo eu dizendo que não me importo muito com isso

Capítulo 8 - Capítulo 7


“Tranquei a porta e fui ao meu quarto, tomei um banho morno e coloquei um pijama, fui até minha cama e apaguei...”

 

Acordei e olhei para o meu lado, três da manhã, me levantei e fui até a cozinha tomar um copo d’água , coloquei minhas pantufas e fui acendendo luz por luz da casa porque eu sou uma medrosa mesmo, tá?!

Cheguei na cozinha, abri a geladeira e peguei um pouco d’água. Olhei para a porta de vidro e fiquei encarando o escuro, guardei a jarra de água de volta na geladeira e quando me virei para sair da cozinha levei um susto

-Ai meu Deus, Heloisa você ainda me mata um dia de tanto susto que você me dá- falei enquanto colocava minha mão em meu peito, por cima do coração

-Desculpe, não foi minha intenção...- ela sorriu maldosamente- mais... onde você estava hoje ein, senhorita Milena?

-Ah, eu estava no... no...

-No...?

-No cemitério- falei

-Hum... e onde mais?

shopping- sorri- agora, e você, onde se meteu  ontem durante a festa?- perguntei me sentando em um banquinho que tinha ali na bancada

-Hum... eu estava com um cara...- ela disse mordendo o lábio e dando um longo suspiro- ai ai, ele é lindo, tem cabelos loiros e olhos azuis

-AI MEU DEUS!!! Você não está ficando apaixonada, está?- perguntei surpresa, eu sabia que meu irmão não estava em casa porque ele estaria com a Nina na casa dela fazendo sei lá o que...

-EU!? Não sei mas ele era realmente lindo e a pegada dele, ai meu Deus, estou sorrindo só de lembrar- ela disse com um sorriso bobo no rosto

-Bem, eu to morrendo de sono, então vou dormir- falei indo para a escada

-Tá, boa noite, só vou te lembrar que amanhã a gente tem que fazer o trabalho de química

-Tá, boa noite- sorri, entrei em meu quarto novamente, estava mais escuro que o normal, fui ao banheiro e depois voltei, a porta estava fechada, o que é que tá acontecendo aqui?

Corri até a porta, estava fechada, fui até a porta da varanda, nada também, mais que porra tá acontecendo?

-Ora, ora, você acha que vai escapar daqui sem eu deixar?- falou alguém, que eu deduzi estar atrás de mim pelo som de sua voz estar tão perto

-O que você quer?- falei tentando manter minha voz firme

-Você- sussurrou colocando as mãos em meus ombros

-Não, você não vai me ter- falei me virando, dei de cara com o peito de um homem, era musculoso, olhei para cima e lá estava aquele topete que eu tanto conhecia- Oque eu te disse sobre não me procurar mais, e... como você entrou aqui?-  disse quase perdendo a paciência

-Bem, eu entrei aqui pela porta da varanda, estava aberta, e eu tenho que confessar que não pude deixar de vir aqui para ver a sua reação se eu te procurasse

-Zayn, sai da minha casa agora- falei calmamente acendendo as luzes de meu quarto- o que aconteceu com você?- perguntei olhando para o rosto de Zayn que estava com o nariz sangrando, com cortes a cima do olho esquerdo, boca sangrando e camisa cheia de sangue

-Bem, eu entrei numa briga- sorriu com prazer ao se lembrar de alguma coisa

-Cara como você é um idiota, sabia? Vem- falei o puxando para o banheiro, comecei a tirar sua camisa

-Ei, calma menina, ainda faz dois dia que nos conhecemos- ele sorriu maliciosamente

-HAHAHA- ri de forma irônica- eu vou fazer uns curativos em você e, você vai tomar um banho enquanto eu vou pegar uma roupa pra você no quarto do meu irmão- falei- preciso da chave da porta- Zayn me deu as chaves de ambas as portas.

Dei uma toalha para ele e o deixei lá, abri a porta e fui até o quarto do meu irmão, achei uma caixa de cuecas novas, peguei uma calça de moletom cinza e uma regata branca. Voltei para meu quarto e bati na porta do banheiro

-Posso entrar?- perguntei

-Pode- ouvi sua voz depois de alguns segundos. Entrei e vi Zayn apena com a toalha pendurada em sua cintura, as suas roupas com sangue estavam no chão, entreguei as roupas para ele e peguei as suas roupas que estavam sujas

-Já volto- falei e fui até a lavanderia, coloquei as roupas para lavar, ainda bem que aquela máquina de lavar roupa nem fazia barulho, deixei lá e voltei para um quarto

-Obrigado- escutei assim que entrei

-De nada, agora vem aqui- falei o puxando para se sentar na minha cama, fui até o banheiro e voltei com um mini kit de primeiros socorros.- Agora sem reclamar se não eu vou te dar um tapa

-Tá bom, chefe- ele sorriu com a língua entre os dentes, ai, aquele sorriso me matava. Peguei um algodão e limpei os machucados, depois peguei alguns curativos e coloquei por cima dos machucados.

-Bem, acho que tá meio tarde pra você ir para casa- falei- é melhor dormir aqui, você deve estar morrendo de sono também

-Tá, onde eu vou dormir?

-Comigo, na minha cama. E sem malicia- falei vendo seu sorriso

-Claro, claro- ele disse, me deitei e senti que ele também deitou, olhei para meu celular eram 4hrs da manhã, revirei os olhos- Boa noite- ouvi sua voz novamente

-Boa noite- sorri para mim mesma, não sei o porque e depois apaguei novamente sentido Zayn passar seu braço por minha cintura e juntar ainda mais o seu corpo no meu...


Outras fanfics de Hitler4ever


Gostou da Fanfic? Compartilhe!
Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho dos outros deixando um comentário.

Para isto, Cadastre-se ou faça seu Login!


Carregando...