Spirit Rede Social de Fãs de Animes, Mangás, Músicas e Cultura em Geral

Faça sua conta no Spirit e Observe essa Fanfic, assim você será avisado sempre que tiver alguma novidade, você também poderá deixar seu Comentário estimulando o autor a continuar a Fanfic.

Fanfic Fallen In Love - Capítulo 1

Escrita por ~

Exibições 3.633
Palavras 634
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção e Fantasia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo em que se passa, não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual, sendo vedada a utilização por outros autores sem minha prévia autorização. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem!

Capítulo 1 - Professor adota os Meninos Desordeiros


-Quando vocês vão aprender? –Gritou Docinho batendo seu martelo no ar e fazendo um vento muito forte na direção do trio. Eles conseguiram desviar-se facilmente.

-Vocês não entendem, não é? – Começou Durão. –O Ele se enganou e deixou um pouco dos nossos poderes! E acham que não sabemos da identidade secreta de vocês? Não somos tão burros! Não importa se vocês destruíram o Ele! Esse poder é nosso! Pra sempre! – As meninas já iam preparar seu ataque conjunto quando ouviram algo.

-Meninas! Meninas! Parem! Não façam isso! – Gritou a voz que mais tarde descobriram que se tratava do prefeito. –Desçam os seis já aqui! Agora! Eu estou mandando! – Gritou o prefeito. Os seis desceram devagar com cara de que não entendem nada.

-O que foi Senhor Prefeito? – Perguntou Florzinha depois de um tempo de silencio.

-Vocês não precisam mais lutar com os meninos. Eles são apenas crianças! – Começou o Prefeito.

-Eles têm a nossa idade! – Disse Docinho um pouco brava.

-Todos crianças. –Assentiu ele. Nessa hora, o Professor chegou.

-Meninas, como sabem estamos tentando diminuir o numero de vilões de Nova Townsville. – Começou o Professor. – Eu e o Prefeito estamos trabalhando nisso a algum tempo. Então, para começar os nossos experimentos, ninguém melhor que Os Meninos Desordeiros!

-Professor... Pode explicar melhor, por favor? – Pediu Lindinha.

-Meninos, vocês por acaso gostariam de ter uma casa? –Perguntou o Professor. Os três meninos pensaram por um tempo e depois assentiram. –Então o que acham de viver no laboratório? Dividiriam um quarto, teriam uma vida!

-Eu estou acompanhando... Isso é uma idéia interessante... –Comentou Durão. As três meninas estavam de olhos arregalados.

-Seria como se você nos adotasse? –Perguntou Explosão. As três meninas arregalaram mais os olhos.

-Claramente. –Disse o Professor. As três meninas arregalaram mais ainda os olhos.

-Professor... Nós vivemos no laboratório... Não podemos ficar a cerca de poucos metros perto deles. Eles são insuportáveis! – Disse Docinho

-É! Porque eles não ficam na prefeitura? – Perguntou Florzinha.

-Esperem um pouco! – Disse Durão. – Isso vai irritar vocês? – Perguntou ele sorrindo.

-Sim! – As três garotas disseram juntas.

-Muito? – Perguntou Explosão também sorrindo.

-Muito! – Responderam novamente as três garotas.

-O quanto? – Perguntou Fortão também sorrindo.

-MUITO! – Quase gritaram as três.

-Então topamos! –Disseram em coro os três meninos.

-O QUE?! –Quase gritaram as três de novo.

-Como assim?! Vocês odeiam que alguém mande em vocês! Quer dizer... –Disse Florzinha virando-se para o Professor. –Você vai ser como um pai pra eles, não é?

-Claramente. – O Professor assentiu.

-Então! Pais mandam os filhos fazerem coisas! Coisas como lavar a louça, limpar a casa... Entre MUITAS outras coisas! – Disse Docinho. Lindinha riu.

-Estamos dispostos a correr esse risco apenas para irritá-las. –Disse Durão.

-Tudo bem, mas... Vocês não podem mais roubar ou grafitar ou destruir propriedades ou qualquer outra coisa ruim. –Disse o Prefeito.

-A gente agüenta! – Disse Explosão.

-É! Vai ser moleza! – Disse Fortão.

-Inacreditável! – Disse Florzinha balançando a cabeça lentamente. –Bom, já que não tem nada para fazer aqui... Eu vou embora! – Decidiu ela.

-Ótima idéia! – Lidinha e Docinho falaram.

-É... Já está tarde meninos, vamos! – Disse o Professor indo para o carro. –Ah! E... Meninas! O resto disso vocês vão descobrir segunda feira. –Disse ele sorrindo malignamente, e antes que alguma delas pudesse falar algo, foram interrompidos.

-Não queremos ir pra casa agora! – Disseram decididos os três.

-Ué? Não ia ser moleza obedecer alguém? – Bradou Docinho sorrindo.

-Será que vocês vão agüentar mesmo? – Bradou Lindinha sorrindo.

-Não querem irritar a gente? Façam seu melhor! – Bradou Florzinha também sorrindo.

-Er... Eu... Hã... –Começou Durão. –Ta bom! Vamos embora, “papai”! –Disse ele sorrindo e dando ênfase a palavra “papai”.


Outras fanfics de gabialgumacoisa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!
Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho dos outros deixando um comentário.

Para isto, Cadastre-se ou faça seu Login!


Carregando...