Spirit Rede Social de Fãs de Animes, Mangás, Músicas e Cultura em Geral

Faça sua conta no Spirit e Observe essa Fanfic, assim você será avisado sempre que tiver alguma novidade, você também poderá deixar seu Comentário estimulando o autor a continuar a Fanfic.

Fanfic Vivendo um apocalipse zumbi - Capítulo 2

Escrita por ~

Exibições 640
Palavras 1.542
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo em que se passa, não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual, sendo vedada a utilização por outros autores sem minha prévia autorização. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Novos amigos: uma nova família


Fanfic / Fanfiction de Naruto - Vivendo um apocalipse zumbi - Capítulo 2 - Novos amigos: uma nova família

No último capítulo:

Policial: todos parados! Recebemos uma denúncia que possuem pessoas usando drogas neste estabelecimento. Fiquem parados até confiscarmos todos vocês.

Naruto: senhor policial, isso não é meu! Eu disse gaguejando.

Policial: é o que todos dizem. 

Rádio: Eu não sei o que está acontecendo com as pessoas *gritos* elas estão se transformando em seres horrendos, mordendo outras pessoas. Nesse instante a mulher que falava no rádio da um grito e começa a dizer: ELE ME MORDEU, ELE ME MORDEU!

Neste instante os policiais gritam e batem em um homem na estrada.

Guy interrompeu e disse: Eles não são humanos e se quiser matá-los acerte na cabeça.

Naruto: pera aí.... o que?

Kakashi: venha com a gente, te explicamos no caminho.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Estávamos dentro do carro da polícia, conversando sobre os "zumbis"

Naruto: ainda nem sei seus nomes.

Kakashi: sou Kakashi e este é o meu parceiro Guy.

Naruto: prazer, Naruto.... mas então, como começou isso?

Kakashi: tudo começou essa tarde, as pessoas começaram a comer as outras.

Naruto: mas de onde surgiu essa "doença"?

Guy: já dissemos que não sabemos, eles apenas "surgiram"...

Naruto: será que isso está acontecendo apenas aqui?

Kakashi: tomara que sim, eu, Guy, Tenten e Temari estamos indo procurar abrigo em outras cidades.

Naruto: posso ir junto?

Kakashi: claro, você faz parte do grupo agora. Ele disse sem nenhuma excitação, fazer o que né? Quem estaria feliz em uma situação como essa?

Naruto: e o que acontece quando eles nos mordem?

Kakashi: não sei ainda, todas as vezes que vi eles em "ação" estavam mordendo pessoas até comerem elas por completo.

Guy: provavelmente não ocorre nada.

Neste momento lembrei da minha família, onde eles deviam estar.

Naruto: podemos ir até minha casa? Quero saber onde estão meus pais.

Kakashi: claro. Onde é?

Fui mostrando o caminho para Kakashi. Durante o trajeto esmagamos alguns zumbis, para eles parecia natural, mas para mim não, esmagar pessoas doentes? Parece coisa de filme de terror, só que o pior... estávamos vivendo um filme de terror.

Já eram 7h da noite quando chegamos à minha casa, tivemos que fazer algumas manobras e procurar novos caminhos pois tinham muitos carros parados sem dono no meio da rua impedindo a passagem.

A casa estava com o  portão aberto e alguns zumbis mortos na frente. Zumbis mortos..... aquelas pessoas já estão mortas, mas dane-se quem vai ligar para isso numa ocasião como essa. 

Naruto: eu já volto. Disse saindo do carro.

Guy: calma garoto, nós vamos com você, não vamos te deixar sozinho, vai que há um deles lá dentro.

Kakashi: Guy tem razão, nunca podemos ficar sozinhos.

Naruto: obrigado. Disse tentando sorrir, eles estavam sendo realmente muito pacientes comigo.

Entramos em casa e não havia nada lá dentro. Fomos para a cozinha, sala, banheiro, porém quando chegamos no quarto dos meus pais..... tudo ficou em câmera lenta. Vimos os dois perambulando pelo quarto, eles haviam se tornado uma daquelas coisas. Perceberam nossa presença e fizeram aquele grunhido feroz. Minha mãe avançou em mim, fazendo nós dois cairmos chão, ela sobre mim tentando me morder e eu a empurrando pelos ombros tentando tirá-la de cima de mim. Guy foi cuidar do meu pai dando-lhe facadas na cabeça e Kakashi me ajudou a tirar minha mãe de cima de mim e conseguiu, depois enfiou uma faca em sua cabeça.

Kakashi: Naruto, você está bem?

Naruto: estou. Disse ofegante.

Kakashi: Guy?

Guy: estou bem, obrigado.

Eu estava incrédulo, meus pais estavam terríveis, minha mãe me atacou e eles ainda foram mortos na minha frente! Me encostei na parede e comecei a chorar com as mãos na cara. Soluçava alto, aquele era o pior dia da minha vida.

Kakashi chegou perto de mim, colocou a mão em meu ombro e disse:

Kakashi: Ei, Naruto, eu sinto muito por isso..... mas estes não são seus pais.

Naruto: Vamos embora, não quero mais ficar aqui. Disse ainda chorando.

Levantei-me e fui para o carro, os dois me seguiram. Entramos no carro e fomos para onde Kakashi e seus amigos estavam morando.

Chegando lá fomos recebidos por duas meninas muito bonitas, Tenten e Temari.

Temari: que bom que voltaram, fizemos uma sopa para vocês.

Guy: hummmmm estou morto de fome.

Temari: e quem é o novo integrante?

Kakashi: este é Naruto

Naruto: muito prazer. Falei com a cara emburrada e com os olhos vermelhos de choro.

Tenten: muito prazer Naruto. Disse ela sorrindo

Temari: venha comer algo, você deve estar faminto.

Não respondi nada apenas entrei na casa, estava completamente abalado devido a morte de meus pais. Tenten e Temari deviam ter percebido que estava chorando por alguma razão, por isso foram meigas comigo e não criticaram a minha falta de educação.

Tenten: sopa de arroz, frango e legumes!!

Kakashi: é o que há. Disse rindo.

Temari: não reclame! Está uma delícia. Disse ela cruzando os braços e dando um sorriso.

Todos nós nos servimos e sentamos nas cadeiras de plástico para comer. É.... não tinha mesa para comer, tínhamos que deixar o prato no colo. A casa era bem simples, era azul de madeira bem pequena, com dois banheiros e dois quarto, a cozinha e a sala pertenciam ao mesmo quarto, mas por que eu me preocuparia com luxo numa situação como aquela? 

Haviam muitos zumbis lá fora, porém estávamos protegidos, a casa tinha muros altos e um portão de ferro. O portão de ferro não ajudava muita coisa, por isso Kakashi colocava o carro para dentro de casa e estacionava na frente do portão, e se por acaso uma daquelas coisas abrisse o portão, não que isso fosse acontecer, mas se acontecesse teriam que passar por um carro, o que eu acho bem difícil.

Guy: esta sopa está uma delícia, parabéns meninas.

Kakashi: concordo com o Guy.

Temari: que bom que gostaram.

Tenten: gostou Naruto?

Estava meio desligado e pensativo e não ouvi o que Tenten tinha falado.

Tenten: Naruto? Disse ela dando uma risada meio sem graça.

Naruto: oi? Me desculpe, estava pensando em outra coisa, pode repetir por favor?

Tenten: claro, gostou da sopa?

Naruto: ah sim! Está uma delícia. Disse tentando sorrir.

O resto do jantar continuou com conversas sobre mantimentos que tínhamos na casa, como Kakashi e Guy me acharam, piadas, enfim, eram pessoas muito boas, gostei delas.

Naruto: e como vocês todos se encontraram?

Guy: Tenten era minha vizinha, quando soube da epidemia peguei uma arma e uma faca e fui para o meu carro, foi quando ouvi gritos de uma menina na casa ao lado, era Tenten.

Tenten: meus pais adotivos tinham se transformado em zumbis e estavam tentando me comer, mas Guy entrou e me ajudou matando eles. 

Tenten não expressou nenhum sentimento ao falar aquilo, parecia que já tinha superado. Admirei muito isso nela.

Guy: após pegar Tenten, fomos até a casa de Kakashi, nunca se deixa um amigo para trás. Pegamos Kakashi porém muitos zumbis começaram a se aproximar da casa dele e fugimos para minha casa, só que ela estava na mesma situação que a de Kakashi. Então achamos aqui, que estava vazio, provavelmente os donos fugiram para outra cidade e é isso que faremos amanhã.

Naruto: e sua família Guy? Se me permite.

Guy: eu não tenho família, me divorciei de minha esposa há algum tempo e meus pais não moram aqui.

Naruto: e a sua Kakashi?

O silêncio brotou na mesa e percebi, então, que não deveria ter feito essa pergunta.

Kakashi: minha esposa e meu filho morreram em um acidente de carro há 6 meses.

Naruto: Kakashi... eu nem sei o que dizer, me desculpe.

Kakashi: não se desculpe garoto, você não sabia e eu já aceitei esse fato.

Após algum tempo comendo sopa perguntei.

Naruto: e você Temari? Como conheceu eles?

Percebi que já estava me enturmando e adorei isso, me deixou muito feliz.

Temari: eu trabalhava no mercado que tem ali na esquina, é onde pegamos mantimentos. Eu estava trabalhando até uma horda de zumbis entrarem no mercado e atacarem todos os clientes e funcionários, menos eu, eu fugi pela porta dos fundos, e dei de cara com o Kakashi, Tenten e Guy fugindo em um carro, pedi ajuda para eles e entrei no carro, estávamos tendo fugir para outa cidade só que o engarrafamento estava terrível, então ficamos justamente nesta casa até o engarrafamento diminuir.

Comemos mais um pouco e a medida que íamos terminando, colocávamos nosso prato na pia.

Guy: bom, hoje eu lavo a louça.

Naruto: eu lavo, por favor, eu insisto, como agradecimento por terem me ajudado.

Guy: se insiste... eu odeio lavar louça mesmo. Disse ele rindo.

Comecei então a lavar a louça e lembrar das cenas de meu pai e minha mãe avançando em nós como se fossem animais e as lágrimas começaram a brotar nos meus olhos.

Tenten: Naruto?

Percebi que ela e Temari estavam ali, limpei minhas lágrimas com a manga do casaco que estava usando e virei para elas.

Naruto: Sim?

Temari: Kakashi nos contou sobre seus pais, sentimos muito.

Tenten: sempre que precisar, estaremos aqui, ok? Disse ela sorrindo.

Naruto: claro, muito obrigado. Retribui o sorriso.

As duas então me abraçaram e eu retribui o abraço.

Naquele momento percebi que tinha feito amigos, bons amigos e que esta era a minha nova família.


Outras fanfics de PoisonTongue


Gostou da Fanfic? Compartilhe!
Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho dos outros deixando um comentário.

Para isto, Cadastre-se ou faça seu Login!


Carregando...