Spirit Rede Social de Fãs de Animes, Mangás, Músicas e Cultura em Geral

Faça sua conta no Spirit e Observe essa Fanfic, assim você será avisado sempre que tiver alguma novidade, você também poderá deixar seu Comentário estimulando o autor a continuar a Fanfic.

Fanfic De volta a minha terra - Capítulo 2

Escrita por ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza, Gajeel, Happy, Jellal, Levy, Lisanna, Lucy, Mira, Natsu, Wendy
Tags #nalu #gale #lisboba
Exibições 340
Palavras 1.637
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo em que se passa, não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual, sendo vedada a utilização por outros autores sem minha prévia autorização. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Esse capítulo ta um pouquinho sem ação mas no proximo tem mais hihi

Capítulo 2 - Um novo dia


Fanfic / Fanfiction de Fairy Tail - De volta a minha terra - Capítulo 2 - Um novo dia

*BIPBIPBIPBIPBIP* (N/H tentativa fail de imitar um despertador).

-Drogaaaaaaaaaa! – vi o horário e levantei num pulo, era 8:30 sendo que a aula começa as 7:00.

Corri para me olhar no espelho eu estava um lixo e com um humor nada bom resolvi tomar uma ducha rápida pra ver se melhorava, mas foi em vão. Me vesti e sai correndo com uma maça na mão e com os cabelos bagunçados.Cheguei lá e um baixinho me esperava com impaciência na porta da escola.

- Ah você deve ser Lucy Heartphilia, está atrasada – Disse o baixinho bigodudo.

-Gomen, gomen, é que digamos que tive uma certa briga com meu despertador.

-Tudo bem, como hoje é seu primeiro dia, vamos deixar passar, mas só hoje.

-Arigatou, mas qual o seu nome?

- Makarov, sou o diretor. Siga-me vou te mostrar qual é sua sala.

Segui o baixinho bigodudo até a sala 4B ele abriu a porta e entrou, estava uma bagunça só, ele tentou chamar a atenção, mas perdeu a paciência e...

-PIRRALHOS CALEM A BOCA! *aura negra*

Dito e feito todo calaram a boca.

- Temos uma nova aluna apresente-se.

- Ohayo, meu nome é Lucy Heartphilia.

Forcei um sorriso para parecer simpática.

- Bem, desculpe-me interromper sua aula professor Macao obrigada pela a atenção.

- Tudo bem Makarov, Lucy pode se sentar atrás de Natsu. Natsu levante a mão.

Olhei com espanto cabelos rosas e aquele famoso cachecol branco, com certeza era ele aquele Natsu, o tempo lhe fez muito bem para falar a verdade, ele estava mais forte, parecia mais homem, mas pelo jeito continuava o mesmo Natsu de sempre.

-Lucy, ainda ta ai? Lucyyyy, LUCYY – gritou Macao todos riram.

-Gomennn Macao – disse totalmente vermelha.

-Sente-se logo.

Caminhei até a carteira atrás de Natsu ele abriu um largo sorriso e deu uma piscadinha, ah aquele sorriso que desde criança despertava alegria em todos, sai dos meus devaneios e sentei-me prestei a atenção nas aulas de magia que eram nos primeiros períodos até bater para o intervalo.

 

*TRIMMMMMMMMMMMMMM*

 

Sai da sala e comecei a observar o colégio, quando eu era pequena ficava na rua brincando do colégio com todos , mas não estudava porque não tinha idade suficiente. Eu como sempre estava distraída e acabo esbarrando em alguém.

-QUEM FOI O FILHO.... – ele olhou pra mim – Luceeee – e me abraçou loucamente.

-Natsuuu, que saudadeeeeee

-Nehh Lucee nem fala  – Ele era o único que me chamava assim, nunca gostei mas já me acostumei velhos hábitos são difíceis de se tirar – como você cresceu Luce ta diferente – disse ele me olhando da cabeça aos pés o que me fez corar um pouco.

-Que isso Natsu continuo a mesma, e você mudou bastante, cresceu e é Lucyy!

-Luce!

- --“

- LUCYYYYYY – disse um gato azul me abraçando.

- Happy quanto tempo! – abracei o gatinho.

- Vem, vamos verr os outros, eles também estão morrendo de saudadeess! – disse Natsu

 

Ele me puxou e fomos correndo para um grupo de pessoas:

- Luu-chan - disse uma baixinha de cabelos azuis correndo em minha direção, como não lembrar!

- Levyy-chan – gritei e a abracei bem forte – estava com saudades, muitas saudades!!!

- Gomen não ter escrito nada, ainda estava muito abalada com a perda de minha mãe.

- Que isso Lu-chan!

Uma mulher com cabelos scarlets vindo em minha direção.

- Lucy!!!!!

 E me sufocou, acho que era pra ser um abraço.

-E-erza? Como você mudou- olhei para ela e falei sem folego!

- E você nem preciso falar!

- Gray venha comprimentar Lucy!

- Ohayo Lucy. – Disse Gray acenando pra mim com uma mulher com cabelos azuis atrás dele.

- Ohayo!

- Está é Juvia, minha namorada- apresentou Gray.

- Rival do amorrrrr!! *aura maligna*

- Gomen, Juvia é um pouquinho ciumenta.. – POUQUINHO CIUMENTA?! Pensei comigo – mas ela vai se comportar né?

-H-hai Gray-sama *-*!

- Ohayo meu nome é Wendy! – disse uma menina kawaii de cabelos azuis – e esse é Jellal meu irmão mais velho e essa é Charlie minha Exceed.

-Prazer – disse a gatinha pequena

-Prazer- eu disse - Quem é o punk ali?

- A o namoradinho da levy? – disse Cana.

-KYAAA! BROTOU!

- Eless se goxxxxtam! – disse Happy

-Gato BAKA! – Charlie disse.

-Ela(e) não é meu namorado – disse O cara punk e a azulada totalmente corada juntos

Todos riram

-Ge-hi, sou Gajeel Redfox e não sou namorado dessa baixinha ai!

- Não sou baixinha seu ogro de ferro!

-Anã de jardim – disse Gajeel em um tom de criançinha

-Ora Ora. – disse Mira

- Ser baixinho é coisa de homem! – disse vocês sabem quem, Voldemort –nnn.

-Lucyyyy – disse uma albina de cabelos curtos e roupas com pouco pano correndo para me abraçar.

-Lisanna  que saudadeee – Disse eu retribuindo o abraço

- Nem fala quando voltou?

- Ontem, onde você estava? Não te vi nas primeiras aulas..

- A isso é que eu acabei dormindo um pouco mais que a  cama.

- Parece que não foi só a Lucy – diz o Natsu abrindo aquele sorriso de matar qualquer um.

-Nat-kunn! – disse Lisanna o abraçando, senti meu coração apertar um pouco.

-Ohayo Lisanna – disse ele fugindo do abraço e me puxando para eu conhecer o resto da Fairy Tail.

- Boraa que é aula de música – Disse Natsu

- Cala a boca palito de fósforo é a aula de natação agora!

- Quer brigar gelinho? – disse Natsu com fogo na mão

- Só se não amarelar depois! – disse Gray pronto para fazer seu Ace Cannon...

-Quem aqui vai brigar? – disse Erza comendo seu bolo de morango de sabe sei lá aonde saiu *aura maligna

- Ninguém somos todos amigos, sempre amigos láláláláá! – os dois começaram a cantar abraçados.

                                                                        *trimmmtrimm*

O sinal havia tocado e fui me dirigindo ao meu lugar, quando abro meu livro cai um pequeno bilhete escrito:

 

                Ohayo Lucy! Não tivemos muito tempo de conversar, depois que tal eu te acompanhar até sua casa? Me responda quando terminar as aulas Natsu Dragneel.

 

                Abri um largo sorriso ao ler aquilo, Levy-chan como sentava ao meu lado não pode deixar de notar minha reação, ela me cutucou e fez um sinal de que depois ia querer mais detalhes e piscou. As aulas bem chatas por sinal, mas toda aula é chata vamos combinar.

 

*trim trim trim*

- Enfim livreeeee! – acho que falei um pouco alto.

Levy começou a rir.

- Que bilhetinho era aquele? Em dona Lucy?!

Corei.

-...

- Responda Lu-chan ou vou começar a gritar, LUCY TA VERMELHINHA LALALA – diz levy no tom de criança feliz, como sempre.

- E-etto ddo Natsu – levy não conteve sua animação e perguntou:

- E o que ele queria – fez uma cara maliciosa.

- Queria me levar pra casa, bom caminhar comigo até a minha casa. – Levy fez uma cara e falou:

- HMMMMMMMMM sei, sei, Lu-chan onde você mora?

- Em um prédio meio rosinha pertinho daqui!

- KAMI-SAMA LUU-CHANN, e seu eu falar que eu e o Natsu moramos lá também??

- SÉRIOO? - O.O

-O que é sério? – uma cabeleira rosa brotou de Deus sabe lá onde

- Aaa luu-chan mora no mesmo prédio que a gente

- OOSHI, vamos poder por a conversa em dia então! – corei – Vamoss Lucyy e Happy!

- Aye Srr! – disse o Happy  e eu

Bem o caminho era bem rápido, mas parecia uma eternidade de tão bom que estava o papo entramos no prédio, descobrimos que éramos vizinhos, Levy na frente e Natsu do meu lado. Despedi-me de todos entrei na minha casa e fui direto para meu banho. Fiquei perambulando pela casa só de roupão e comecei a fazer a janta até que alguém bateu na porta. Abri a porta e para minha surpresa era Natsu.

-Natsu o que faz aqui?

-Nada só vim ver como esta minha melhor amiga de anoss e ... – ele me olhou com uma cara, fiquei confusa e ..  EU ainda estava de roupão SÓ de roupão

-Entraa e sinta-se a vontade já volto

Sai correndo e me tranquei no quarto botei uma roupa comum e voltei.

-Desculpe, quer jantar aqui?

-Claroo!

-Continua o mesmo Natsu de sempre

 Falei rindo e ele solta o mesmo sorriso aquele de tirar o fôlego, não pera como assim Lucy? Porque ta pensando nisso? Ele é só seu melhor amigo seu antigo amigo. Me xinguei mentalmente. Arrumei a mesa e chamei ele para jantar .

-Natsu onde está o Happy?

- Ah ele tá na casa da Wendy, ele vai dormir lá junto com a Charlie

-Bem Natsu, vamos ver um filme? – eu disse.

-Claroo de terror se não, não topo.

-Nãoo terror, depois não consigo dormir.

-Vamoss Lucee, qualquer coisa durmo com você– Natsu fez uma cara maliciosa

-HENTAII

- Calma Lucy to brincando, vamos? – Cara de cachorrinho pidão.

-Como posso negar com essa carinha?

- Tô empolgado!

Dito e feito fiz a pipoca com manteiga é claro e o cobertor e fomos ver o filme era Atividade Paranormal 1, quase tive um infarto, quando acabou o filme me dei conta estava estava abraçada no Natsu e literalmente em cima dele.

-Gomen – disse eu saindo do colo dele, corada.

-Não foi nada- disse ele com um sorriso imenso.

-Vamos ver outro filme? Se não, não vou conseguir dormir direito.

-Vamos qual?

- Sempre ao Seu lado?

- Bora

Bem como sou meio sensível pra esses filmes chorei muito e Natsu me abraçou me dando segurança, ele era quente, e seu abraço me deu um aconchego e continuamos assim abraçadinhos vendo o filme até que acabei adormecendo em seus braços fortes. ;-;

 


Notas Finais


>< nnhamm comentem seus lindos

Outras fanfics de Happyfeet200


Gostou da Fanfic? Compartilhe!
Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho dos outros deixando um comentário.

Para isto, Cadastre-se ou faça seu Login!


Carregando...